Delivery:ajude seu produto chegar ao consumidor

O setor alimentício não pode parar e o delivery tem se tornado a melhor opção para os empreendedores do ramo.

Como a tendência é que as pessoas evitem sair de casa, você pode manter as vendas entregando seus produtos em domicílio.

Por isso, o conselho é encontrar já alternativas para a baixa nas vendas. E já que o corona impede que as pessoas vão até o seu negócio, a solução é ir até elas. Já pensou em implementar um serviço de entrega no seu negócio? O mercado de delivery é diversificado e significa oportunidade para vários tipos de estabelecimento.

Confira então dicas de como usar essa solução a seu favor e contornar problemas com o fluxo de caixa, mantendo as vendas.

1. Preste um bom atendimento

As empresas que elevam a qualidade da prestação de serviço passam a ser mais competitivas no mercado, pois um bom atendimento conquista e fideliza o cliente. Quem tiver contato direto com o consumidor deve seguir alguns requisitos básicos para atender bem o público:

  • Conhecer a empresa para oferecer as melhores soluções disponíveis.
  • Falar de maneira clara e objetiva, para não deixar o cliente com nenhuma dúvida e passar confiança.
  • Saber ouvir e compreender o consumidor, para entender suas necessidades e solucionar problemas.
  • Conhecer o perfil dos clientes, para dar a eles um tratamento diferenciado.

2. Cumpra os prazos

Esta dica é curta, mas essencial, e faz toda a diferença para quem usa o serviço de delivery: os seus consumidores buscam rapidez e segurança no transporte do produto. Por isso, a sua empresa precisa ser eficiente na entrega, já que cumprir o prazo estabelecido é um fator relevante e decisivo para fidelizar a sua clientela.

3. Diversifique os meios de pagamento

Ampliar as opções de pagamento é estar preparado para atender a todos os tipos de clientes.

O cartão de crédito ainda é o mais popular entre os consumidores brasileiros, principalmente por suas duas maiores vantagens: praticidade e prazo de pagamento.

Nos cartões de débito, o pagamento é feito à vista. Assim, o empresário garante o recebimento do valor pelo preço total do serviço ou produto, reduz a inadimplência e promove agilidade nas transações.

Mais um reflexo da expansão do universo online a tendência no mercado são os serviços de pagamento por dispositivos móveis. Basta acoplar um pequeno dispositivo ao próprio telefone, que funcionará como uma maquininha de crédito ou débito.

4. Ofereça horários flexíveis

Oferecer  serviços  delivery  em  horário alternativo,  não  comercial,  é  vantajoso  para  empresas  ampliarem a cartela de clientes, atendendo a demanda de quem precisa resolver emergências à noite, por exemplo. Fique atento, porém, aos custos adicionais que isso pode gerar à sua empresa.

5. Divulgue a novidade

A divulgação é fator fundamental para o sucesso do seu novo serviço. Mesmo que haja qualidade nas entregas e valores justos, se ninguém conhece o seu sistema de entregas, a sua inovação pode acabar não servindo para muita coisa.

A internet é terreno fértil para divulgar suas ações, ainda mais em tempos de reclusão. Afinal, com ela você consegue quebrar barreiras de acesso a públicos específicos e diminuir os custos, já que pode expor o seu produto ou serviço em milhares de sites, redes sociais, buscadores e reprodutores de conteúdos espalhados em diferentes links e acessados por diferentes perfis de pessoas.

6. Faça parcerias e estabeleça taxas

Criar parcerias com postos de gasolina e lojas de autopeças pode ser vantajoso para os pequenos negócios. Contar com o auxílio desses estabelecimentos, fundamentais para o funcionamento das motos, é necessário para que o serviço não seja interrompido.

Além disso, estabelecer parcerias com outras empresas de delivery  é  uma  opção  para  não  deixar  de  atender a necessidade do cliente, caso a entrega seja solicitada para regiões que fogem do âmbito de entrega do seu negócio.

Falando nisso, você deve pensar também na cobrança da taxa de entrega. É melhor definir uma região a ser atendida do que atender toda a cidade e cobrar uma alta taxa para entrega. O ideal é começar atendendo bairros próximos e de fácil acesso.

Atenção: para garantir excelência no serviço é necessário oferecer retaguarda ao motoqueiro, de modo a atendê-lo em emergências. Uma boa saída pode ser a implementação de um sistema de comunicação por rádio por celular. Além disso, é fundamental que haja manutenção periódica das motos, para que o trabalho não seja interrompido durante o percurso.

Fonte: SEBRAE (texto adaptado para Blog)



Deixe um Comentário

Seu e-mail não aparecerá no comentário. Os campos obrigatórios estão marcados com (*).

Você pode usar estas tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>