console.log("erg")

Estratégias para fazer suas resoluções de ano novo acontecerem

Resoluções de ano novo são simples de se adotar, mas difíceis de se manter. 

É agora que a maioria de nós vai começar a lutar para fazer com que nossas metas e resoluções aconteçam. Seja qual for sua meta, grande parte dos nossos objetivos já serão esquecidos na segunda semana de janeiro ou postergados para depois do carnaval, para depois da Páscoa, ou quem sabe, para depois das férias de julho.

Para ajudar você a manter suas resoluções de ano novo, segue algumas dicas.

1. Foque em uma resolução

Um dos primeiros erros que as pessoas cometem é fazer inúmeras resoluções para o ano novo. Na empolgação de começar diferente no ano que entra, fazemos listas com dezenas de metas. Faça diferente, estabeleça apenas um único objetivo. Com quanto menos tarefas seu cérebro tiver que lidar, melhor e você vai ser capaz de concentrar todo o seu foco e motivação em uma única resolução, aumentando substancialmente suas chances de sucesso.

2. Tenha pessoas que te apoiam

Ter um amigo ou parente para “prestar contas” é uma boa dica para ajudá-lo a manter suas promessas. Conte seus objetivos de ano novo a um amigo ou alguém da família, como sua esposa ou marido, por exemplo. Só não compartilhe com muitas pessoas, pois opiniões e cobranças demais podem mais atrapalhar que ajudar.

3. Defina metas específicas

Geralmente estabelecemos metas grandes e muito genéricas para o ano novo e isso só dificulta as coisas. Quanto mais específico você for, mais fácil será alcançar seus objetivos. Por exemplo, quando estabelecemos que vamos “perder peso” ou “abrir nossa própria empresa”, estamos praticamente definindo nosso fracasso, pois são resoluções muito amplas e vazias. Agora, se você definir que irá “perder 5 quilos até abril” ou “abrir sua própria empresa até julho”, você está associando um valor (ou ação) a um prazo específico. Definir metas específicas tornarão suas resoluções de ano novo mais “palpáveis”.

4. Vincule resoluções e hábitos

Se a sua resolução de ano novo envolve a construção de pequenos hábitos, você pode vincular estes hábitos a outros já estabelecidos. Por exemplo: se você já tem o hábito de tomar um bom café da manhã todos os dias e para este ano você estabeleceu que irá ler um livro novo por semana, você pode juntar as duas coisas no mesmo período. Enquanto toma seu café da manhã, você lê um capítulo do livro. Criar pequenos vínculos com o que você já está acostumado a fazer, torna mais fácil atingir objetivos maiores.

5. Tenha um período de teste

Nem todas as resoluções de ano novo que tomamos são perfeitas e vão funcionar assim que postas em prática. Dê um período de 30 dias para ver como se sai com a criação do novo hábito, que obviamente, será necessário para atingir suas metas. Use esse tempo para ajustar seus objetivos e mudar o que for necessário para chegar na sua meta com sucesso. Então, em 30 dias você já deverá ter uma boa ideia se aquela rotina dará certo ou não.

6. Engane sua mente

Se resoluções já são difíceis de se manter, sem um sentimento de realização, tudo fica ainda mais complicado. Ter objetivos específicos e bem planejados ajudam, mas existe um outro truque que é praticar alguns jogos mentais com você mesmo. Um exemplo prático é usar um prato menor para comer. Se você tem como resolução perder peso, usar um prato menor durante as refeições vai fazer você se sentir mais satisfeito, pois afinal, o prato estará cheio.

Mais exemplos:
1. Todos os meses temos que ir ao supermercado, Quase sempre compramos coisas de que não precisamos. O resultado é quase sempre um pequeno rombo no orçamento. Uma maneira muito eficiente de enganar a mente, é comermos bem antes de irmos para o supermercado.

2. Você quer economizar uma grana , só que chega no final do mês e você percebe que nunca sobra dinheiro. Uma solução, é logo no início do mês, separar uma parte de seus rendimentos e direcioná-los direto para uma poupança ou um fundo de investimento, o qual você não poderá retirar o dinheiro naquele período de tempo. Isso colocará limites em sua mente (e no bolso) pois seu cérebro não irá mais considerar aquele dinheiro como estando disponível na sua conta.

7. Visualize o resultado

Se você está tendo problemas em permanecer motivado, pense no seu objetivo final e concentre-se nele. Isso pode parecer uma coisa de “sonhadores”, mas se você voltar sua imaginação, da meta final para seu atual momento, planejando cada passo necessário para se atingir aquele objetivo, todo o processo ficará mais fácil. Faça esse exercício de motivação e verá que seu sonho ganhará mais combustível.

8. Fique de olho no progresso

Quando criamos metas bem específicas, todo o processo de se chegar a nossos objetivos se torna bem mais fácil. Todos os dias, a cada vez que atingir uma meta ou realizar uma tarefa, marque-a como em um checklist.

9. Tenha lembretes

Se está tendo problemas em manter seus objetivos na cabeça, use alguns “truques” que poderão ajudar a se lembrar deles mais facilmente. Uma boa ideia é criar alarmes no seu celular, com lembretes e pequenas tarefas diárias. Outra coisa interessante, é gravar a si mesmo em uma webcam, com alguma mensagem para você mesmo, lembrando-o de seus objetivos a cada vez que ligar o computador. Uma outra alternativa é colar lembretes dentro da geladeira (ou fora dela) e escrever no espelho do banheiro. Resoluções de ano novo precisam ser vistas o ano inteiro!

10. Comece agora

Já estamos a alguns dias de janeiro e você pode estar lendo este artigo em julho ou mesmo em dezembro. Não importa a data, comece agora mesmo! Para quê esperar mais? Decidiu que irá mudar, mude já. Comece devagar, mas comece. Dê o primeiro passo. Por mais difícil que possa parecer o desafio logo que tomamos alguma decisão, com as dicas acima será mais fácil implementar as mudanças que tanto deseja. Decidiu, aja!

Preparado? Comece agora a colocar em práticas suas resoluções de ano novo!

Um ótimo 2020!

Fonte: Sergio Sparsbrod – Super Empreendedores texto adaptado para o Blog

A nova geração vindo aí

A Datamais marcou presença no CEDUP TIMBÓ – Centro de Educação Profissional.

Evento realizado em 18/12/2019 em Timbó, através do Diretor e sócio-fundador Hugo Eyng, que fez parte da Banca para Avaliações de Trabalho de conclusão Semestral do Curso Técnico em Informática.

O CEDUP é uma instituição que forma jovens no Curso Técnico. São vários cursos ministrados, com grade curricular aprovada pelo MEC e SED SC, com professores comprometidos e com vivência na área de atuação. Entre os cursos oferecidos está o Curso Técnico em Desenvolvimento de Software.

O CEDUP prepara para o mercado de Trabalho e para escolha de uma profissão.

A Datamais Sistemas mantém parceria com o CEDUP através de contratação dos alunos que se destacam no curso de Tecnologia.

Acreditamos nos futuros talentos e investimos em treinamento e preparação destes jovens que estão iniciando suas carreiras.

Foi com orgulho e satisfação que nosso Diretor de Tecnologia, Hugo, recebeu o convite para participar da Banca e acompanhar de perto a apresentação dos trabalhos e a criatividade destes alunos.

Agradecemos a todos os alunos, desejando muito sucesso, a diretoria do CEDUP, e em especial, ao Professor Edésio, pela oportunidade.

É hora da Black Friday: confira cinco dicas para preparar sua empresa

A temporada de descontos mais aguardada do ano se aproxima. Em 2019, a Black Friday será oficialmente comemorada no dia 29 de novembro, mas muitos lojistas oferecem condições especiais por maior período. Mais do que a queima de estoque de produtos, a data é uma grande oportunidade para que empreendedores vendam mais, divulguem suas marcas e produtos e fidelizem os clientes.

Febre nos Estados Unidos, a data chegou ao Brasil em 2010. Segundo Flávio Petry, especialista em varejo do Sebrae, “o movimento da Black Friday tem impactado o comportamento do consumidor brasileiro. Muitos consumidores aproveitam a ocasião para antecipar suas compras de Natal, e o lojista também precisa estar atento a este fator. Para tanto, é importante se planejar para identificar quais os produtos isca que poderão ter suas margens reduzidas e como trabalhar o mix da loja para aumentar o ticket médio dos consumidores.”
Quer saber por onde começar? Confira algumas dicas para preparar a sua empresa para a Black Friday.

1 – Como planejar sua Black Friday

Tudo começa com planejamento detalhado de como será sua participação na Black Friday. É importante definir se as vendas dos produtos ou serviços serão online, em loja física ou ambos. Como ponto de partida, pesquise os itens preferidos pelos seus clientes e defina o mix de produtos ofertado. Alinhe a campanha com seu parceiro tecnológico, esteja preparado para picos de acesso, negocie condições diferenciadas com os fornecedores e ofereça descontos que não comprometem a saúde financeira da empresa.

2 – Capriche na vitrine

A vitrine pode definir se o cliente irá entrar ou não na loja. É comprovado: uma vitrine adequada pode aumentar as vendas em até 30%. Quando um produto está exposto na entrada da loja, as pessoas tendem a achar que é uma peça mais bonita, que está na moda, aumentando a chance de venda. Monte a vitrine de acordo com o público que pretende conquistar. Valorize o produto, deixando-o em posição elevada e de destaque.

3 – Venda

Para impulsionar as vendas e conquistar clientes online, atualize seu site com as ofertas, facilite o preenchimento dos pedidos, disponibilize meios seguros de pagamento, deixe clara a política de troca e devolução, informe o estoque disponível, ofereça garantia e descreva o produto. Já na loja física, treine a equipe, separe produtos por categorias, tamanhos e preços, cuide da ambientação (temperatura, luminosidade e sonorização), facilite o acesso aos produtos e, se possível, ofereça vagas de estacionamento.

4 – Liquidação na Black Friday

Algumas dicas costumam ajudar a potencializar a queima de estoque. Expor as ofertas mais atraentes à direita funciona, pois é o primeiro lado que o consumidor bate o olho. É possível incentivar as compras por impulso deixando os produtos de menor valor em locais estratégicos (como ao lado do caixa). Monte pacotes promocionais oferecendo vários itens por um só preço e aproveite a Black Friday para coletar dados e ampliar o cadastro para envio da sua mala direta.

5 – Atendimento ao cliente

A quantidade de produtos que as pessoas adquirem está relacionada ao prazer que sentem no ato da compra, por isso conforto e bom atendimento são decisivos. O consumidor valoriza ar condicionado, preço justo, entrega em domicílio e estacionamento. É importante alinhar com os funcionários as condutas esperadas e a tática para avaliar é pedir para um amigo visitar sua loja e contar como foi a experiência. Entender as necessidades de cada cliente é um diferencial. Pesquisas de opinião também ajudam a melhorar o atendimento.

Fonte: Sebrae

A importância da rotina de backup

O que é o BACKUP?

BACKUP é uma cópia de segurança dos seus dados. E um procedimento indispensável para o funcionamento do seu sistema de computadores, pois é a única forma de recuperar informações em caso de pane tanto na parte de Hardware (Equipamentos) quanto dos Softwares.

Novidades em Backup

Você provavelmente já ouviu falar no termo “salvar na nuvem”. Essa expressão já é usada há alguns anos e utilizada ao salvar fotos, documentos, vídeos, programas e qualquer outro tipo de informação de maneira supersegura por meio da internet. Além disso, outra característica bastante marcante de trabalhar com arquivos dessa maneira é o backup em nuvem.

Quando você salva algum arquivo na nuvem, ele vai para um local chamado datacenter, que são instalações seguras — física e digitalmente. Quando a informação está salva lá, você consegue fazer o download do arquivo em qualquer lugar, seja em celular, computador ou tablet, desde que tenha internet.

Diferenças entre backup em nuvem e local

O backup em nuvem ainda não é uma realidade para todas as pessoas. Muitos ainda optam por usar mídias físicas, como pendrive ou um HD para salvar os dados, e é preciso ficar atento para qual atende melhor às suas necessidades.

Armazenamento local

Salvar os seus arquivos em uma mídia física tem, sim, os seus benefícios. Além de poder acessá-los de maneira mais rápida (já que não depende da velocidade da internet), você não precisa estar online para fazer o backup.

No entanto, está bem longe de ser o método mais seguro. Isso porque problemas em aparelhos eletrônicos não são uma novidade, e é possível acordar um dia e descobrir que seu HD queimou e que você perdeu alguma informação que estava somente lá.

Além disso, são comuns os casos de pessoas que esqueceram de salvar uma informação nova no HD e acabaram perdendo-a no dia seguinte. O upload de dados precisa ser diário.

Um HD externo está suscetível a vários problemas externos e digitais que nem sempre podem ser evitados.

Armazenamento na nuvem

Embora dependa da internet, salvar seus arquivos na nuvem é, hoje, a maneira mais segura para não perder dados. Um bom serviço tende a ser bastante seguro, tanto física quanto digitalmente — prevenindo contra ataques de hackers.

Além disso, é muito mais acessível, já que você pode upar ou baixar um arquivo novo de qualquer lugar em qualquer aparelho.

Vantagens de um backup em nuvem

Dados corrompidos, roubos e problemas eletrônicos acontecem diariamente, e é muito importante estar prevenido para não perder tudo e ter que quase fechar (ou até fechar) a sua empresa, como já aconteceu em alguns casos. Outras vantagens são economia, pois há disponível no mercado, espaços com preços acessíveis mensais, praticidade de não precisar utilizar mídias e poder acessar de qualquer local e a centralização onde todos tem acesso simultâneo à informações.

Tem que fazer

Independente do método escolhido, é imprescindível fazer.

Nunca sabemos quando alguma falha ou erro irá acontecer. Por isso é bom manter o backup sempre atualizado dos dados importantes como o banco de dados do sistema gerenciador de sua empresa, fotos, imagens, planilhas, textos, documentos, etc.

Calcule bem a frequência da realização dos Backups pois as informações são recuperadas com todas as alterações até o momento em que ele foi realizado. Tudo o que foi feito após este momento deverá ser refeito.

Segurança

Quem optar por backup na nuvem deve saber que um bom serviço conta com segurança para proteger não somente o servidor, mas também as informações que você upou. Dessa forma, eles costumam fazer um backup do seu próprio serviço de backup.

Mas para quem utilizar o armazenamento local, deverá realizar testes periódicos nos backups gravados para saber se os mesmos estão funcionando corretamente.

Em ambos os casos deverá dedicar um tempo para escolher o serviço certo ou fazer de forma correta para quando precisar não ficar de mãos vazias.

Fonte:
Terra Empresas
Datamais

Datamais – 23 anos

Hoje celebramos 23 de anos de existência.

Nossa trajetória até aqui foi de muito trabalho e dedicação.

O resultado de todo esse esforço em sempre oferecer o melhor aos nossos clientes devemos a toda nossa equipe dedicada aos desafios do dia a dia, à busca de aprendizado constante e em dar o seu melhor todos os dias.

Sabemos que desafios e dificuldades a serem enfrentados virão, mas estaremos de coração aberto para transpassar os obstáculos e celebrar todas as vitórias e conquistas que, com certeza, também virão.

Agradecemos a todos por mais um ano. A nossa realização será sempre movida pela paixão pelo que fazemos.

Seu ECF está atualizado?

A Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina emitiu um comunicado para regularização do Software Básicos do ECF – Emissores de Cupom Fiscal de todo o estado.

Os estabelecimentos usuários de Equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF) devem estar com a versão atualizada do aplicativo PAF-ECF até 30/09/2019. A partir de 01/10 caso a empresa não tenha a versão atualizada do aplicativo poderá ser notificada por inobservância da legislação tributária a utilização do programa PAF-ECF.

Onde verificar qual a versão do meu equipamento?
No final das leituras X ou redução Z.

Se você recebeu um comunicado ou se tem dúvidas se a versão da sua impressora fiscal precisa ser atualizada, entre em contato com os responsáveis de software básico ou por empresa de assistência técnica (empresa que você adquiriu a impressora fiscal) para verificar padronização da nova versão.

Segue legislação e o comunicado enviado aos contribuintes na íntegra:

ATUALIZAÇÃO-DE-SOFTWARE-BÁSICO-EQUIPAMENTOS-EMISSORES-DE-CUPOM(2)-1-1_02

Estreia em setembro, “black friday verde e amarela”

Nome oficial da data promocional recém-criada pelo governo é “Semana do Brasil”. Início será na véspera do Dia da Independência.

Está confirmada a criação de uma nova data promocional no calendário brasileiro, por iniciativa do governo federal em conjunto com um grupo de empresários. Batizada de “Semana do Brasil“, acontecerá pela primeira vez entre os dia 6 e 15 de setembro deste ano, como estímulo ao aquecimento no consumo.

Apelidada por alguns de “black friday verde e amarela”, foi inspirada no varejo dos EUA, onde é comum a realização de promoções em datas históricas nacionais. De acordo com a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República), órgão com papel importante na criação da nova data sazonal, mais de 300 empresas já confirmaram que participarão oferecendo descontos aos consumidores em seus produtos e serviços.

O perfil das participantes promete ser eclético: desde redes varejistas de diversos segmentos até instituições bancárias, passando por hotéis e agências de turismo. O principal objetivo é animar o público a consumir em um período do ano tradicionalmente tímido em termos de vendas. A partir de 1 de setembro, campanha em televisão começará a divulgar a nova data promocional.

Fonte: SA Varejo

Como conseguir mais seguidores no Instagram de forma rápida e fácil

O Instagram é hoje uma das redes sociais de maior expressão no mundo online e garantir o território da sua empresa é uma jogada inteligente na busca por novos leads.

Para isso não existe fórmula para ser bem-sucedido no Instagram, o segredo é entender qual o nicho e buscar ser relevante para ele. Contudo, existem algumas dicas que podem fazer toda a diferença:

1. Mantenha a frequência das publicações
Não adianta fazer três postagens em um dia e passar uma semana sem nenhuma publicação. Utilize os insights para saber quando os seus seguidores estão ativos na rede social e desenvolva um calendário de publicações com base nos dados.

2. Não misture o perfil pessoal com o profissional
Pode parecer algo simples, mas muitas pessoas acabam postando fotos de suas famílias e amigos no perfil do negócio. Seus seguidores buscam informações sobre seus produtos e serviços, não sobre você.

3. Utilize hashtags
As hashtags são a maneira de permitir que seu perfil seja encontrado pelos usuários da rede. Lembre sempre de acrescentar hashtags nas postagens, só tome cuidado com o exagero. Utilize apenas as hashtags que são relevantes e relacionados a sua publicação, do contrário pode acabar não sendo eficaz.

4. Aposte nas fotos
Como diz o velho ditado: “imagens valem mais que muitas palavras”. Estudo mostram que somos seres visuais, portanto, invista em imagens com boa iluminação e qualidade. Isso será um diferencial pois chama a atenção dos internautas.

5. Escolha os melhores dias e horários
O que ajuda a fazer com que a postagem “bombe”. Alguns especialistas afirmam que vale postar nos horários entre 2 da manhã e 17 hs. Mas isso varia conforme seu tipo de negócio.

Aposte no Instagram para conquistar novos clientes.

Fonte: Sucesso em Foco

BLOCO X PARA QUEM AINDA PRECISA COMEÇAR A ENVIAR

Conforme já havíamos informado anteriormente, para empresas que emitem cupom fiscal ECF, existe a obrigação do envio do Bloco X ( informações da redução Z e estoque mensal).

Os prazos foram prorrogados em junho para algumas atividades e as novas datas já estão chegando.

O envio do arquivo será conforme o CNAE da empresa e datas estabelecidas através do Ato Diat 17/2017 e alterações pelo Ato Diat 15/19.

Para a transmissão, será necessário possuir:

1) Internet
2) Certificado Digital da empresa,
3) Sistema atualizado para transmissão do Bloco X
4) Cadastro de produtos e controle de estoque correto no sistema.

Depois de instalado o certificado digital deverá ser vinculado ao Paf ECF e transmitir o Bloco X.

Como o fisco terá mensalmente o estoque da empresa, e os dados de vendas de produtos pela redução Z, o estoque deverá estar 100% correto.

É obrigatório dar entrada em todos os itens comprados. Cada produto deve ter seu próprio código, e deverá ser alimentado cada vez que for comprado.

Se o produto tiver tamanhos, cores, pesos diferentes, devem ser cadastrados separadamente. Cada produto um código:

Ex:
Coca- cola 250ml
Coca- cola 500ml
Coca –cola 1,5L
Blusa malha manga curta preta M
Blusa malha manga curta preta P
blusa malha manga curta verde G
E assim com cada produto.

Ao fazer a venda no ECF, o produto será baixado conforme a quantidade vendida. Na geração do estoque aparecerá apenas a quantidade que estiver no estoque.

Por isso é importante dar entrada e saída nos produtos corretamente, e com o valor de custo, pois ao gerar o estoque, o valor utilizado deverá ser o de custo.

Cada empresa deverá verificar seu cadastro e corrigir manualmente o que precisar. Procurem não deixar para última hora, pois se o cadastro de produto for extenso e estiver desatualizado, levará um bom tempo para corrigir.

Lembrando que nunca deverá ser excluído um código de produto caso esteja com quantidades zeradas ou que não seja mais vendido na empresa.

Os produtos com quantidade no estoque e que não existem na empresa, devem ser baixados através de uma venda com valor de custo.

Os produtos ficarão com quantidades zeradas, e não devem alimentar estoque. O código ficará inativo, mas jamais deverá ser excluído ou utilizado para outro produto, pois em algum momento já foi informado no estoque da empresa.

Faça uma verificação em seus produtos e em caso de dúvidas consulte seu Contador para que todos os produtos estejam cadastrados com a tributação correta.

Abaixo as datas de início de obrigação por CNAE a partir de 01/03/2018:

II – a partir de 1º de março de 2018, os estabelecimentos enquadrados nos códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) 4713001 – Lojas de Departamentos ou Magazines;

III – a partir de 1º de junho de 2018, os estabelecimentos enquadrados nos seguintes códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE):
4711301 – Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios hipermercados;
4711302 – Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios supermercados;

VII – a partir de 1º de setembro de 2019, os estabelecimentos enquadrados nos seguintes códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE):
4771701 – Comércio varejista de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas;
4771703 – Comércio varejista de produtos farmacêuticos homeopáticos;
4772500 – Comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal;

VIII – a partir de 15 de janeiro de 2020, os estabelecimentos enquadrados nos seguintes códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE):
4744099 – Comércio varejista de materiais de construção em geral;
4741500 – Comércio varejista de tintas e materiais para pintura;
4742300 – Comércio varejista de material elétrico.

IX – a partir de 1º de março de 2020, os estabelecimentos enquadrados nos seguintes códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE):
5611201 – Restaurantes e similares;
5611202 – Bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas;
5611203 – Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares.

Obs: Alguns estabelecimentos DESTE GRUPO estão dispensados do envio do estoque neste primeiro momento. Consulte seu Contador para saber se o CNAE de seu estabelecimento faz parte deste grupo.

X – a partir de 1º de junho de 2020, os demais estabelecimentos enquadrados nos códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) de Comércio Varejista.

Se ainda ficou alguma dúvida, veja abaixo mais informações fornecidas pelo SEFAZ.

O que é o Bloco X?

É um requisito do Ato Cotepe 10/2017 que estabelece as regras para funcionamento do PAF-ECF, onde este requisito especifica a transmissão de arquivos fiscais de Redução Z e Estoque gerados pelo PAF para a SEFAZ da Unidade Federada do contribuinte.

Como passa a ser o funcionamento do PAF-ECF?

Para atender a este requisito o PAF deve, após cada fechamento do dia e emissão da Redução Z, gerar um arquivo XML assinado digitalmente, contendo os dados da Redução Z e os produtos que foram comercializados no dia, após o PAF gerar o arquivo o sistema deve transmiti-lo para a SEFAZ do estado e aguardar o retorno de Sucesso ou Erro na transmissão do arquivo.

O PAF-ECF deve também, até o 5º dia de movimento de cada mês, gerar um arquivo XML contendo os dados de Estoque referente ao mês anterior de movimentação do estabelecimento, seguindo as mesmas regras para enviar o arquivo e aguardar o retorno de transmissão de sucesso ou erro pela SEFAZ.

O envio desses arquivos é requerido pela SEFAZ, e quando o sistema PAF-ECF não realiza essa operação dentro do prazo estipulado (10 dias para envio de Redução Z e 10 meses para transmissão do arquivo de Estoques), o aplicativo deve bloquear recursos de vendas e movimentações, estando liberado apenas para resolver a questão de transmissão dos arquivos. O uso do aplicativo fiscal para realização de vendas somente será liberado em caso de transmissão de, pelo menos, um dos 10 arquivos de movimentações pendentes para envio.

Cuidados importantes

Para que o estabelecimento possa estar apto a atender a exigência da legislação referente ao Bloco X, é necessário que o contribuinte de Santa Catarina esteja atento aos seguintes requisitos necessários:

  • Possuir PAF-ECF credenciado no estado e adequado para realizar a transmissão (Conforme Artigo 3º do Ato DIAT 17/2017)
  • Possuir acesso a internet no estabelecimento.
  • Possuir Certificado Digital A1 para realização da assinatura digital de cada arquivo fiscal gerado, independente se o estabelecimento transmite ou não NF-e.
  • Para o estabelecimento que possuir mais de um PDV (Ponto de venda) com PAF-ECF instalado, o certificado digital deve estar instalado em cada um dos PDVs, sendo recomendado, deste modo, o uso de certificado digital A1, que permite ser instalado em mais de um computador.
  • Possuir as informações atualizadas dos códigos NCM e CEST de cada produto comercializado, se estas informações não forem verificadas e produtos sem NCM e CEST preenchidos forem comercializados, os arquivos fiscais não serão transmitidos para a SEFAZ, gerando o risco de o estabelecimento comercial ter seu PAF-ECF bloqueado para lançamento de vendas.
  • Manter o cadastro de produtos atualizados é de extrema importância para evitar que o estabelecimento pague tributos ao governo de forma incorreta ou esteja comercializando produtos com dados inconsistentes, correndo o risco de ser multado em caso de fiscalização.
  • Referente a transmissão do arquivo de Estoque, o estabelecimento deve estar atento ao controle mensal atualizado de seu estoque no sistema. O controle de estoque é mais importante do que se imagina, e não apenas do ponto de vista fiscal, um estoque atualizado permite que o contribuinte esteja atento a perdas, furtos, além do controle mensal de seu negócio.
  • Estar atento ao Anexo 9 – art. 50 do RICMS de Santa Catarina, que estabelece no § 6º: “Deverá ser emitida, no último dia útil de cada mês, redução Z de todos os equipamentos ECFs autorizados para uso no estabelecimento, independentemente da existência de valores registrados nos ECFs neste dia.”

Importante

O estabelecimento de Santa Catarina que não atender ao prazo para inciar a transmissão dos arquivos será considerado como inobservante à legislação tributária, estando sujeito a multas.

Essa é única forma de não ficar ultrapassado, segundo o professor Mario Sergio Cortella

Para o filósofo, há um problema sério quando todos na empresa concordam sempre com você

Filósofo, professor, escritor, palestrante. Mario Sergio Cortella é uma dessas raras pessoas que consegue o respeito de quem pensa das mais diferentes formas. Ter por perto quem pensa diferente, aliás, é uma das recomendações dele, inclusive no ambiente corporativo. “Uma das coisas mais perigosas da vida é gente que concorda com você o tempo todo“, fez questão de frisar durante palestra.

Em sua exposição, Mario Sergio Cortella reforçou que cenários de crise, como o atual, não podem ser observados somente sob o aspecto negativo. “Seres humanos são como tapetes. Às vezes, precisam ser sacudidos”, comentou com bom-humor, para na sequência destacar que quem pode te dar essa “sacudida” não é aquele que mais se parece com você.

Sobre concorrência, o professor Cortella lembrou que “um adversário fraco te enfraquece, um concorrente burro te emburrece”, da mesma forma que uma oposição frágil tende a fragilizar qualquer governo.

Em uma reflexão sobre atitudes que levam ao sucesso na vida e nos negócios, o filósofo ressaltou a importância de adotar uma “humildade intelectual”, que nada mais é do que o ato de suspeitar de si mesmo, colocar em dúvida suas certezas. Esse é o caminho para estar disposto a aprender sempre, que é a única maneira de não ficar ultrapassado e se preparar, verdadeiramente, para decisões corajosas.

Fonte: SA Varejo